PDF Imprimir E-mail
22/04 Carolina Laviola Rosa  
22/04 Márcia Bernardes Ribeiro  
22/04 Marco Antonio Thiago  
22/04 Marley Rosa  
23/04 Márcia Bonicenha  
23/04 Washington Carvalho Oliveira  
24/04 Fernando Márcio Catatau  
24/04 Márcia Cristina Silva  
25/04 Adolfo Laignier Scherr
25/04 Giordano Santiago Silva
25/04 João Rodrigues Campos
25/04 Sônia Torres de Oliveira
26/04 Dra. Elenir Bernardes
26/04 Jose Carlos Silva Rodrigues
27/04 Elizeu Teixeira Mendes
27/04 Pedro Pilotar Motos
27/04 Jeferson Henriques Lino – Paca
28/04 José Gonçalves Ferreira Junior – INSS

 

 

 

 

 

 


Charge


 

 

 

 

 

 

 


Tirinhas

 

 

 

 

  




 

Dorvina, minha cunhada, no cumprimento do seu dever de professora, falava muito nas salas de aulas. Daí, prejudicou as cordas vocais levando-a à cirurgia. Depois da dita cuja, com sucesso, o médico recomendou para que ficasse um mês sem pronunciar uma palavra. Indo a Valadares precisou de comprar um par de meiões para o filho Sidney. Como não podia falar, escreveu um bilhete para o vendedor que instantaneamente respondeu também escrevendo.

Ela, Dorvina, rindo demais, escreveu pro desavisado: “Escutar eu posso”

 

 

 

 

 

 

 

Programa Canta Conselheiro Pena

Radio Onda Nova FM


O programa Canta Conselheiro Pena, além de projetar e valorizar os cantores de nossa terra, também é responsável pela divulgação de fatos importantes da sociedade e afins. Na semana da instalação da 2ª Vara foi de certa maneira importantíssima para a população de Conselheiro Pena. Ninguém melhor que Dra. Angélica para explicar-nos as benesses da instalação. A APAE, já há 2 anos em atividade em Conselheiro Pena, mereceu uma “prestação de contas” administrativa para os nossos ouvintes. A coordenadora Elba foi entrevistada. De BH, veio a marqueteira Rebeca dando-nos uma palhinha sobre “Reprodução Humana”, muito capaz e bonita. Rosa Germano auxiliou na elaboração da prancheta musical.

 

CLIQUE AQUI SE QUISER OUVIR A GRAVAÇÃO


Adão, o pregador e cantor, à espera de um empresário.

Dra. Angélica, Juíza de Direito, mesmo cansada da festa encontrou tempo para a entrevista.

Rosa Germano, Dra. Angélica, Clébio, Elba Deolinda e Rebeca.




 

 

 

 

 

 

 


(SOBRE A 2ª VARA)


- Mauro Bomfim foi um dos mais “aparecidos” na festa da instalação da 2ª Vara. Abraçou, bebeu, confabulou, dançou, sorriu, suou. Só faltou distribuir “Santinhos”. Tava na dele. É candidatíssimo a Federal. Seu número? Ah, deixa pra lá, está cedo.

               

- No vácuo da efervescência social da filha Angélica, Dona Cecy, não deixou por menos. Portando,  traje moderninho, se houve muito bem. Acho até que se vagasse um microfone, um recadinho aconteceria. No clube, dançou bem, com uma particularidade: canta no ouvido dos parceiros toda e qualquer música.

 

- O ex-Prefeito Neyval, compareceu desacompanhado da esposa Eliana. Apuramos e ... estava dodói. Melhoras amiga.

 

- Dr. Jackson Dutra e Vânia, aproveitaram bem a festa. Beberam, jantaram e sambaram. Os políticos presentes fizeram fila até sua mesa para cumprimentá-lo. Prestígio, futuro parceiro de legenda partidária ou simpatia mesmo?

 

- Dr. Jorge Silva levou na “cartola” um bem redigido discurso. Se houvesse chance iria arrebentar. O cerimonial barrou.

               

- O Deputado Federal Mauro Lopes, saiu de BH no seu helicóptero, só para abraçar Dra. Angélica. Ela, a Doutora, se achou e com razão. Ele retornou em seguida para cumprir agenda.

 


- Padre Messias representou os colegas de batina. Dançou com as mulheres amigas e elogiou o grupo musical.

 

- O Federal João Magalhães, no clube, realizou até “petit comitê” com correligionários. O cara não perde tempo, respira política de manhã, de tarde, de noite e nas festas. Aos desavisados informamos: No próximo pleito não será Federal e sim estadual. Vá entender?

 

- O Vereador Valtair do Vale, mesmo com ameaça de cassação na Câmara, não perde a pose. Foi o que mais circulou na festa, tipo, se-não-vêm-a-mim-vou-neles. O edil é barrançudo. Motivo cassação? Falta de decoro parlamentar. Na boca maldita dizem que é falta de coro mesmo.

 

- Dr. Lúcio, o advogado simpatia, com ele não tem barreira social ou profissional. Eu explico: abraça Neyval, sussurra o Roberto Prefeito e sobra para elogiar Deca Chaves. É um gentleman.

 

- Que casal elegante e feliz, Katia e Ulisses. Em outros tempos de colunismo a gente noticiava assim: Bolas brancas para a socialite Kátia e o esposo Dr. Ulisses.

 

- Na Boca Maldita onde reina a gozação, diziam: uma vara já é muito e já querem outra? Oh meu Deus!

 

- Dinis Pinheiro – Presidente da Assembleia Legislativa Mineira – para quem entende de discurso, deduziu: Em breve serei o Governador do Estado de Minas Gerais. Eu voto!

 

- Ressaltou por demais a elegância da Senhora Líbia Félix ..... .

 

- O traje da Dra. Angélica foi adquirido na Sawgrass de Miami. Um Michael Kors autêntico.

 

- A Promotora Cyntia, bastante comedida, ficou na dela. Cumpriu convite/convocação e pronto.

 

 

 

 

 

 

 

 

Velhíssima Guarda

Estamos reconhecendo Sr. Rafael, Manoel Calhau, Sr. Queiroz, Sr. Aníbal e Agenor Barrigudo.

 

 

 

 

 

 

 

 

Cartaz do Serviço Militar


 

 

 

 

 

 

 

 

Cavalgada Beneficente

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Aniversário do Waisman




A comemoração de mais um aniversário já é corriqueiro para o pecuarista Waisman; lá se vão 89 anos. Com os abraços, com o almoço ou jantar, as ligações telefônicas, o culto evangélico, embora ele seja católico e a presença dos familiares, das quais ele faz questão. Todavia, neste ano, o mais gostoso foi ouvir a promessa da super comemoração, no ano que vem, quando o nosso velhote completará 90 anos. Já acertado que teremos uma confraternização no Uirapuru Clube e uma festa popular no centro da cidade com direito a música e refrigerante. Vai bombar!

As fotografias deste ano.


No comes e bebes, nada importado. Tudo feito na cozinha da Madame (cozinheira).

Dr. Mário Laignier de Guarapari, Waisman, Clébio e Dr. Luiz Carlos Silva.

Waisman ladeado pelos filhos, Mário, Dejair e Adolfo (João Faustino).

Convidados num papo informal, pré-almoço.

Tião, empregado com mais de 40 anos de casa na fazenda.

Waisman e irmãos.

O Pastor Lauro abençoou os 89 anos de Waisman.

Servindo o almoço na roça.

As mesas se estenderam pelos jardins da fazenda Carranca.

Dona Elda sempre querida por todos.

Dejair e Irene, ela com residência fixa na fazenda Mutunzinho.

 

 

 

 

 

 

 

 

A 2ª Vara Cível, Criminal e da Infância e Juventude na Comarca de Conselheiro Pena


“Uma Festa sem conotação política”




A briga vem de longa data. Pela quantidade de processos na Comarca, pelo trabalho exaustivo da juíza, pela morosidade nas setenças, por tudo isso e mais um pouco, há razão para se comemorar a “instalação”.

Doutora Angélica, a juíza entrou de corpo e alma. Em parceria com a Câmara Municipal, com o Tribunal de Justiça, com a OAB local, numa só noite, tivemos Título de Cidadania, Medalha Hélio Costa e a instalação da Vara.

Os homenageados: In Memorian – Deputado Zé Henrique, Presidente STJ – Joaquim Herculano e nós, residentes da comarca.

O salão do fórum ficou acanhado para tantos convidados. Muitas autoridades presentes fizeram faltar cadeiras na mesa principal. O Mestre de Cerimônia optou por nominar “os demais”, mesmo assim, os ex-Prefeitos Deca Chaves, Neyval Andrade, como também o vice-Prefeito Geraldinho Amaral, passaram despercebidos.

Mas, o hino nacional cantado em ritmo moderno pela Ingrid, no violão 2ª voz Neirivaldo, fez-nos um momento de reflexão – que bom ser brasileiro!

Em tese, discursos são parecidos, até porque a pauta é uma para todos. Mas, o Presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado Dinis Pinheiro, roubou a cena: Iniciou com jeitão mineiro enaltecendo os medalhões da mesa, cumprimentou-nos de maneira que nos sentimos importantes e contou uma historinha que teve como personagens principais os amigos José Laviola, o colega Zé Henrique e ele, o próprio Dinis. Foi oportuno, sincero, emocionante e cheio de arte profissional de um orador. Amei!

Do protocolo fomos ao Uirapuru Clube, onde uma decoração um buffet, um grupo musical da mais alta supimpitude, e muito whisky, nos esperavam. O bicho pegou: depois que o teor etílico subiu foi picapau abraçando cortagoela, vivas à juíza, cumprimentos de deputados adversários, danças e jantar.

A pergunta que não quer calar: Quem é o pai da criança?

Eureka!! Foi o Tiquinho.

Tiquinho? Sim, um Tiquinho de cada um.



O Diretor do Presídio, Dr. Flávio, o Mestre de Cerimônia do Tribunal, Leonardo,  Valéria Cerimonialista, Gislene assessora de Celise Laviola e Dr. Marco Antônio de Oliveira Roberto, Juiz Substituto.

Lili Laviola, Deputado Federal Mauro Lopes e Dra. Angélica.

Caroline Laviola, Presidente da Assembleia Legislativa de Minas Deputado Dinis Pinheiro, Lili e Celise Laviola.

Dr. Jorge Silva, Presidente da OAB local.

Mesa de autoridades em posição para o Hino Nacional.

A Cantora Ingrid, cantando o Hino Nacional.

Autoridades e homenageados.

Em primeiro plano, Dra. Verenna Delegada, Kátia e Dr. Ulisses.

Desembargador Joaquim Herculano recebendo do Presidente da Câmara Marquinhos Vereador e Deputado Federal João Magalhães,  o título de Cidadania Honorária de Conselheiro Pena.

Momento solene da instalação oficial da 2ª Vara com o Desembargador Joaquim Herculano, e Presidente da Assembleia Dinis Pinheiro.

Medalha Hélio Costa, homenagem ao saudoso Deputado Zé Henrique, recebida pela viúva Lili Laviola.

Pré-candidata à Assembleia de Minas Gerais, Celise Laviola agradeceu em nome da família.

A elegância da Dra. Angélica se complementou no seu discurso.

Deputado Estadual Dinis Pinheiro, Presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

Os holofotes e as atenções se voltaram para o grande orador da noite, Deputado Dinis Pinheiro.

Discurso do Desembargador Joaquim Herculano, novo conterrâneo.

Gislene, assessora, toda saliente ao lado de Celise Laviola.

Colunista Clébio, Mauro Bomfim, Lili Laviola, Dra. Angélica e Dr. Jorge Luiz.

Dr. Marco Antônio, Dra. Angélica, Promotora Dra. Cyntia.

Assessor Parlamentar Guilherme Malaquias, Deputado Estadual Anselmo e Vereador Lindomar.

Dona Cecy, Corregedor Geral de Justiça Luiz “Delage”, Rebeca e Dra. Angélica.

Vereador Geraldo da Barra e esposa, Ricardo da Penha do Norte, Vereador Sebastião Leandro, Vereador Sinval e Dra. Lúcia Fernanda.

Reconhecemos: Vereador Marquinhos, Deputado João Magalhães, Prefeito Hélcio, Meirinha Lanes e José Wênio.

Família Chaves

Dr. Juracy Botelho, Eugênio, Dr. Gérson Pereira, Dra. Josete, Dra. Marly, Dr. Edvaldo e Dr. Jefferson Malaquias.

 

Dr. Luiz Carlos Silva, Dr. Clemar Chaves, Músico Neirivaldo e Lili Laviola.

Mulheres bonitas Thaise Coelho e Adriana Coronel.

Minha amiga Euzimar e seu marido Pastor Zé Carlos.

Enfim apareceu, Paulo Battestin.

 

 

 

 

 

 

 

 






BRASIL X ARGENTINA


Um brasileiro está calmamente tomando o café da manha quando um argentino típico, mascando chicletes, senta-se ao lado dele.

O brasileiro ignora o argentino que, não conformado, começa a puxar conversa:

— Você come este pão inteirinho?

— Claro.

— Nós não. Nós comemos só o miolo, a casca nós vamos juntando num container, depois processamos, transformamos em croissant e vendemos para o Brasil.

Chiclete Argentino

O Brasileiro ouve calado.

O Argentino insiste:

— Você come esta geléia com o pão?

— Claro.

— Nós, não. Nós comemos frutas frescas no café da manhã, jogamos todas as cascas, sementes e bagaços em containers, depois processamos, transformamos em geléia e vendemos para o Brasil.

O brasileiro então pergunta:

— E o que vocês fazem com as camisinhas depois de usadas?

— Jogamos fora, claro!

— Nós não. Vamos guardando tudo em containers, depois processamos, transformamos em chicletes e vendemos para a Argentina.



O Cigarro, o Chiclete e a Ambulância


O cigarro, o chiclete e a ambulância discutiam sobre suas vidas.

O cigarro dizia:

— Minha vida é uma tristeza. Tocam fogo na minha cara, chupam minha bunda e depois me jogam no chão e pisam em cima.

— A minha vida é pior amigo. Rasgam minha roupa, me mastigam todo, me cospem no chão e pisam em mim também — diz o chiclete.

A ambulância diz então revoltada:

— Vocês estão reclamando do que? Minha vida que é sofrida. O povo abre minha bunda de meia em meia hora, colocam um negão de 2 metros de altura em cima de mim e ainda me fazem sair gritando que nem uma louca: UUUIIIUUUIIIUUUIIIUUUIII!



Exemplos de Política em Casa


O garotinho pergunta ao 
pai:

— Papai o que é política?

O pai responde:

— Bom meu filho, vou te dar como exemplo a nossa casa: eu ponho dinheiro dentro de casa, então sou o poder econômico; sua mãe administra tudo, ela é o governo; a nossa empregada é a classe trabalhadora; você, que é comandado por nós, é o povo; e seu irmãozinho é o futuro do país.

O garotinho pensa, coça a cabeça e diz:

— É papai, acho que não entendi.

Após a conversa foram dormir. De madrugada o garotinho acorda com os berros do seu irmãozinho e ao olhar percebe que o bebê está todo cagado. Vai ao quarto dos pais e só encontra a mãe que dormia com sono bem pesado, vai ao quarto da empregada que estava trancado e ao olhar pela fechadura vê o seu pai em cima da empregada. Depois de tudo, o garoto foi dormir.

No dia seguinte, no café da manhã o garoto diz ao pai:

— Papai, eu entendi o que é política.

E o pai empolgado:

— Então me conta filho.

E o garoto:

— Enquanto o poder econômico arrocha a classe trabalhadora, o governo dorme profundamente, ninguém escuta o povo e o futuro do país tá na merda.




A Menina e o gato

A menina pergunta para a mãe:

— Mãe, posso dar banho no gato?

A mãe responde:

— Pode, mas cuidado porque ele não gosta de água, minha filha.

Depois que a menina deu banho no gato, ela disse pra mãe:

— Mãe! O gato morreu!

— Você sabia que ele não gostava de água! — disse a mãe.

A filha explicou:

— Mas não foi a água que matou o gato! Foi na hora de torcer ele!

 

Contador de Visitas

TOTAL DE VISITAS DESDE 18/04/2011
mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje23
mod_vvisit_counterOntem404
mod_vvisit_counterEsta Semana1719
mod_vvisit_counterÚltima Semana3562
mod_vvisit_counterEste Mês11550
mod_vvisit_counterÚltimo Mês13618
mod_vvisit_counterTodos474755

We have: 15 guests online
Seu IP: 54.204.134.183
 , 
Hoje é: Abr 24, 2014
A Semana do Chaveco

Número de visitas desde 26/06/2005.

A SEMANA DO CHAVECO